Como lavar a roupa com sucesso

Organize o processo de lavagem da sua roupa e poupe tempo, dinheiro e a vida útil da sua maquina de lavar roupa e dos seus tecidos.

Dicas para a lavagem da roupa


Na hora de lavar a roupa tenha sempre atenção às etiquetas. Separe sempre a roupa por tonalidades e use detergente adequado às suas cores.. Este ultimo processo vai-lhe evitar desagradáveis surpresas com roupa tingida.

Não ultrapasse as doses de detergente e de amaciador recomendadas. O seu excesso pode provocar manchas, desbotamento e perda de poder de absorção por parte dos panos de cozinha ou toalhas de banho.

Cuidado com o tempo que deixa a sua roupa de molho. Quando exagerado pode levar à perda da cor e do brilho.Para fixar as cores na roupa de cor forte ou nas peças de cores contrastantes é recomendado acrescentar sal na  ultima água de enxague.

Não ultrapasse os 60º nas lavagens. Quanto menos temperatura empregar mais os tecidos  e as cores duraram.

Os jeans têm uma descoloração natural, pelo que deve ser lavados em separado ou com peças da mesma tonalidade. Devem sempre ser lavados do lado do avesso do lado do avesso e postos a secar à sombra. Caso os jeans possuam etiquetas de pele, não ultrapasse os 40º, pelo riso de desbotarem e encolherem.

Não abuse da lixívia. Com o tempo esta tende a enfraquecer as fibras e amarelece-las. Não a use em tecidos de poliamida (nylon). Opte por branqueadores são menos prejudiciais para os tecidos.
Se optar pelo uso da lixívia, use-a a frio no máximo de uma hora.

Lave as roupas mais delicadas dentro de redes protectoras apropriadas ou dentro de uma simples fronha de almofada.

As peças com forro ou com entre-tela devem ser lavadas a seco, para não encolherem.

Carga da maquina de lavar roupa


Lembre-se, sobrecarregar a sua maquina de roupa, vai aumentar um maior atrito entre as peças de roupa e provocar um maior desgaste e desbotamento.

Não coloque as peças dobradas dentro da máquina. Os vincos das dobras sofrem um maior atrito e vão sofrer um maior desgasto e desbotamento em relação ao resto da peça de roupa.

Não junte peças de poliéster com peças de algodão. O atrito provocado entre este estes tipos de tecido, vai provocar a formação de borbotos.

Secagem da roupa


Após a lavagem meta logo a roupa a secar. Manter a roupa húmida em espera, pode provocar manchas, maus cheiros e levar a vincos difíceis de eliminar.

Sempre que possível seque a sua roupa à sombra. O sol acelera o desbotamento  das cores, principalmente em peças húmidas.
Cuidado com o secadore de roupa, para além de consumir muita energia tende a encolher algumas peças de roupa. Para facilitara secagem em tempo húmido passe a roupa na recta final de secagem pela secadora para retirar o resto da humidade só por alguns minutos.

Tipos de tecidos e cuidados


Toalhas de banho e panos de cozinha. Estas peças são constituídas por tecidos felpudos com capacidade de absorção. Não deve exagerar no detergente e principalmente no amaciador, estes tendem a reduzir a sua capacidade de absorção.
Para tolhas mais limpas, coloque uma colher de sopa de bicarbonato de sódio no ultimo enxague de água.
Não lave estes artigos acima dos 60º, a temperatura alta prejudica os tecidos felpudos.
Não amonto toalhas húmidas no cesto da roupa suja. Mantenha-as abertas para evitar a proliferação de bactérias, fungos e maus cheiros. Na hora de secar, evite secá-los ao sol e não os passe a ferro.

Algodão. Por norma as peças de algodão são mais macias, resistentes, duráveis, mais fáceis de lavar e passar a ferro.

Sedas. Não lave estes tecidos na máquina de lavar roupa, nem seque na secadora de roupa. Algumas peças de seda podem ser lavadas em água e sabão neutro, outras só a seco. Nunca friccione estes tecidos para retirar nódoas, nem coloque de molho. Após a lavagem envolva a peça numa toalha de banho, para retirar a água. Passe a ferro sempre do lado do do avesso e com o tecido ainda ligeiramente húmido.

Poliéster. O maior contra destes tecidos é o facto de não aguentarem temperaturas altas. São por norma materiais resistentes e podem ir à maquina de lavar.

Licra e nylon, são tecidos sintéticos que podem ser lavados à maquina, mas não devem ser submetidos ao calor da maquina ou do ferro de passar.

Lã natural. Não deve ser lavada à maquina. A lã de ovelha é tão sensível que pode reduzir até 3 números. Ao secar nunca a pendure pelas pontas, porque ai o processo poderá ser inverso, a peça poderá aumentar de tamanho.

Couro. Este tipo de material não deve ser lavado em casa porque mancha facilmente. O ideal é mandar limpar a seco na lavandaria.

Faça o seu proprio pão


Uma família de 4 pessoas se aos invés de comprar o pão, se decidir fazê-lo, poderá conseguir uma poupança de 500€ ao longo de um ano.
Trata-se de uma poupança muito significativa. Se fizer contas e pensar em investir numa máquina de fazer pão, chegará à conclusão que ao fim do ano ainda sobram 450€.
Mas eu fico-me pela forma mais tradicional, amasso o pão à mão e cozo-os no forno.
Esta receita que aqui deixo rende-me 2 pães grandes se pretender enriquecer o seu pão, poderá acrescentar-lhe algumas sementes que a saúde agradece.

Ingredientes:

500 gr de farinha de trigo
300 ml de água tépida
1/2 cubo de fermento biológico ( 15 gr )
Sal qb

Preparação do pão caseiro 


Dissolva o fermento na água tépida e reserve.
Coloque todos os ingredientes sólidos numa taça.
Acrescente a água tépida com o fermento e o sal grosso aos ingredientes secos.
Envolva e mexa todos os ingredientes até obter um aspecto homogéneo.
Se necessário junte mais água, já que esta varia dependendo do tipo de farinha.
Bata a massa por alguns minutos e deixe repousar até esta dobrar o volume.
Retire a quantidade de massa pretendida e modele o pão.
Deixe o repousar por mais 30 minutos e leve a forno pré aquecido. O pão leva uma média de 30 a 40 minutos para ficar cozido.

Como tirar nóduas e manchas de roupa


Como tirar nódoas e manchas da roupa
A sua roupa preferida manchou?
Não desespere, mesmo as nódoas mais difíceis têm solução.
Além dos produtos comercializados para esse efeito, existem pequenos truques caseiro que garantem resultados muito satisfatórios.

Os maiores aliados que temos para remover sujidades e nódoas são com certeza o sabão azul e o detergente da louça.

Se possível assim que cair a nódoa, trate logo de a remover. Quanto mais tempo ela actuar, mais se entranha nas fibras e mais difícil é de retirar. Como lavar roupa com sucesso

Tipos de nódoas e manchas


Azeite, óleo ou outro tipo de gorduras- Aplique detergente da louça sobre as nódoas, esfregue um pouco, deixe impregnar por alguns minutos e limpe normalmente com o detergente habitual, é infalível.

Bâton- Limpe a mancha com álcool e posteriormente com o detergente normal.

Bolor- Lave a peça com um detergente que contenha perborato.

Café ou cacau- Se se tratar de uma mancha antiga, humedeça-a com glicerina e lave de seguida normalmente. Se for uma mancha fresca, ponha-a de molho no detergente habitual e lave-a normalmente. Se ficar uma mancha gordurosa devido à glicerina, aplique o liquido da louça como no caso das nódoas de azeite.

Cera- Comece por raspar a cera. Após este procedimento, aplique o tecido entre duas folhas de papel absorvente e passe com o ferro de engomar.

Cola- Esfregue as manchas repetidamente com acetona.

Erva- Humedeça as manchas com álcool e limpe de seguida com o sabão habitual.

Ferrugem- Coloque por cima das manchas uma pasta de bicarbonato de sódio com água. Impregne com uma bebida gaseificada como a coca cola.

Fruta- Passe imediatamente por água fria  e lave normalmente. Caso se tratem de nódoas difíceis aplique sobre estas uma solução de detergente concentrado e deixe actuar por algum tempo.

Pastilha elástica ( chiclete )- Coloque a peça afectada no congelador. Depois de congelada remova a pastilha elástica com uma faca.

Resina- Impregne as nódoas com aguarás ou acetona e limpe normalmente.

Sangue- Se forem manchas frescas passe imediatamente por água com detergente. Se forem manchas antigas, lave com detergentes bioactivos e deixe actuar toda a noite. Em nódoas mesmo persistentes aplique água oxigenada.

Suor- Lave normalmente com um pouco de vinagre diluído. Em manchas rígidas com aspecto esbranquiçado, empregue água oxigenada e deixe actuar por uns minutos.

Tinta de esferográfica e de escrever- Esfregue as manchas com álcool e limpe com o sabão habitual. Em nódoas persistentes esfregue com um pano embebido em álcool e a seguir com vinagre.

Tinta de parede- Limpe imediatamente com um pano embebido em dissolvente. Para eliminar as aureolas, aplique pó de talco e escove depois de seco.

Azeite reprovado por um estudo da Deco Proteste.

Azeite

No dia a dia, procuramos dar o melhor ás nossas famílias, dentro das nossa possibilidades. Quantas vezes estica-mos a corda convencidos que esta-mos a fazer a escolha mais acertada.
É o que acontece dentro dos azeites, todos sabemos que um azeite virgem ou refinado, é mais barato mas um virgem extra é supostamente muito melhor.
Estaria-mos certos se os rotulos não nos vendessem gato por lebre.
Um estudo feito a 25 marcas de azeite pela deco proteste indicou que 5 das marcas em que confiamos estavam em situação ilegal.
http://www.deco.proteste.pt/alimentacao/produtos-alimentares/comunicado-de-imprensa/deco-denuncia-fraude-no-azeite

A situação foi anunciada no jornal de noticias, o qual informou que as marcas Auchan ( DOP Moura) È, Grão Mestre e Naturfoods, deveriam apenas ser classificados como azeite virgem.
A marca Dia Clássico, do Minipreço, e a marca Galo Clássico foram eleitos como os melhores azeites deste estudo.
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3388835

Acredita-mos como consumidores, que estas situações de irregularidade já estejam ou venham a ser corrigidas e que não se repitam. Que o respeito pelo o consumidor, o grande responsável por manter estas empresas de pé seja mais respeitado no futuro.

Ambientador caseiro


Reciclagem

Ambientador caseiro, económico e ecológico


Faça você mesmo de uma forma simples o seu ambientador com produtos caseiro. Livre-se dos maus cheiros e inclua uma agradável fragrância à sua escolha.
Não precisa de comprar muito material, já que a ideia é reaproveitar frascos de vidro que tenha em casa, como os de conserva ou compota.
Este ambientador associa o agradável odor do óleo com o poder do bicarbonato de sódio em absorver maus cheiros.
Poderá usá-lo pela casa, pelos armários ou gavetas.
Decorá-lo também poderá ser uma opção interessante, para tornar o seu ambiente mais agradável.

Faça facil
Só precisa de:
bicarbonato de sódio
12 gotas de óleo essencial à sua escolha
um frasco de vidro com tampa metálica.

Elaboração:
Com ajuda de um martelo e um prego faça uns pequenos furos na tampa metálica.
Deite o bicarbonato de sódio para dentro do frasco juntamente com o óleo essencial.
Agite o frasco e coloque-o no local desejado.

Como fazer sua lamina durar mais


Uma boa lamina de barbear é extremamente cara e a sua duração é bastante limitada, prolongar o seu tempo de funcionamento poderá significar uma poupança muito significativa ao fim do ano

Com procedimentos simples poderá triplicar ou até mesmo quadruplicar o ciclo de vida da sua lamina, sem prejudicar o seu bom funcionamento, provocar cortes na pele ou irritações, mantendo o barbear perfeito.
A técnica é muito simples, basta passar a lamina de barbear no sentido contrário ao corte em ganga.
A ganga além de afiar a lamina, ainda vai endireitar possíveis deformações que se formam ao longo do uso.

Poderá guardar pedaços de ganga das calças velhas, que por norma se destinam ao lixo . Convém mudar os retalhos de tempo a tempo.

Mais duas dicas importantes: seque sempre a lamina de barbear depois de cada, uso e passe álcool antes de a arrumar, esta duas práticas vão  reduzir a oxidificação e eliminar a presença de alguns germes.


Como fazer a lamina de barbear durar mais e mantêm-la em perfeitas condições


  • Aplique os retalho de ganga numa superfície lisa e dura.
  • Passe a lamina  previamente seca mais de 15 vezes, em cada sentido da ganga. Como os fios da ganga são na diagonal, convém passar a lamina nos dois sentidos, para permitir um afiar uniforme da lamina. Neste procedimento é necessário um pouco de pressão, sem contudo exagerar. 
  • Lembre-se, deve passar sempre a lamina no sentido de empurrar e nunca a puxar,  caso contrário irá barbear as calças e danificar a lamina de barbear.

Curiosidade

A lamina é conhecida por muitos como gillete, contudo é o nome dado a uma famosa marca.

Fazer sabão caseiro com oleo

Fazer sabão em casa é mais uma forma de poupar e dar uso ao óleo da cozinha usado.
Devido aos riscos da soda caustica antes de pensar na preparação é essencial pensar no equipamento de protecção.

Material necessário


Luvas de borracha
Oculos de protecção
1 litro de oleo
250 gr de soda caustica em flocos
250 ml de alcool
1/2 litro de água


Aqueça a água e junte-lhe a soda caustica gradualmente e com cuidado. 
Mexa durante 20 minutos.
Acrescente o álcool , seguido do óleo.
Mexa a mistura até esta ficar pastosa.
Depositar o preparado numa forma rectangular plástica e deixe solidificar.
Por fim corte o sabão com a medida desejada.
O sabão depois de pronto só deve ser usado apos 15 dias.
PS: Nuncamisture a água na soda caustica, pela certeza de este procedimento causar uma reacção com vapores e salpicos que podem causar erupções. Faça ao contrário, a soda caustica deve ser acrescentada à água de uma forma vagarosa e em pequenas quantidades.



Manter a casa mais fresca no verão

Poupar electricidade no arrefecimento

Passamos o ano a pedir calor, mas quando ele chega em força só pensamos em frescura.
Os ventiladores e os aparelhos de ar condicionado são eficientes mas consomem muita energia.
Contudo existem algumas medidas que permitem manter a casa fresa sem afectar a conta da luz.

Como ter a casa mais fresca, sem gastar energia


Iluminação. Substituir as lâmpadas tradicionais por lâmpadas fluorescentes compactadas ou lâmpadas de lede, são mais duráveis e não geram tanto calor e com o beneficio  de poupar na conta ao final do mês.

Trocar os lençóis.  No verão verão esta prática é fundamental. Trocar pelo menos uma vez por semana, mas o ideal são duas. Prefira tecidos de algodão são mais confortáveis e absorvem melhor a transpiração.

Os colchões. Já muita gente reparou que os colchões têm duas faces, uma de verão e outra de inverno.

As janelas só devem ser abertas à noite. Durante o dia manter os estores ou portadas fechados, para evitar a entrada do sol e do ar quente. As melgas e mosquitos tendem a procurar locais mais frescos, ficara mais confortável se optar por colocar rede mosquiteiro nas janelas.

Aderir ás plantas. A vegetação seja ela qual for atenua o calor e até o som. Pois é as plantas têm esse dom purificam o ar, proporcionam um ambiente mais fresco e harmonioso.

Electrodomésticos e demais aparelhos. Estes aparelhos por si só são uma fonte de calor. Deve manter desconectados todos os que não está utilizando.

Regar o terraço ou redor da casa. Grande parte do calor concentra-se no solo, que resulta no efeito estufa. Regar poderá reduzir a libertação de calor.

Evitar ambientes sobrecarregados. O excesso de moveis e objectos dentro de casa tornam o ambiente mais pesado e dificultam a circulação do ar.

Fontes de água. Elas proporcionam um ambiente mais húmido, refrescam o ambiente levando a uma respiração mais confortável. Uma opção mais barata, também pode passar por aplicar recipientes com água no pela casa, no entanto terá de ter o cuidado de mudar a água todos os dias.

Evitar fazer grelhados dentro de casa. Opte por fazer na varanda ou na rua. Evite usar o forno na sua cozinha, já que este gera muito calor. Dê preferência a comidas frescas e saladas.

Apostar nos espelhos. Colocados em lugares estratégicos, ajudam a reflectir a luz